Header Ads

Vídeo de sexo com concorrente divulgado nas redes sociais

A edição brasileira do "Big Brother" estreou-se há precisamente uma semana e, como é habitual, o país centra todas as suas atenções no reality show. Mas, à margem dos acontecimentos da casa mais vigiada daquela nação, há uma polémica a ganhar grandes proporções fora do jogo: a concorrente Natália Deodato não sabe, mas um vídeo íntimo em que surge a fazer sexo oral foi parar à Internet.

As imagens começaram a circular em várias redes sociais, nomeadamente o Twitter, dias depois do arranque do "Big Brother" no Brasil, o que aconteceu na passada segunda-feira, dia 19 de janeiro. Depressa a equipa que gere as contas Natália Deodato reagiu, emitindo um comunicado na Internet. "A equipa já está ciente das 'mídias' que estão a ser compartilhadas e iremos tomar as medidas cabíveis. O compartilhamento desse conteúdo é um desrespeito à participante enquanto mulher e também à família dela", denunciaram os representantes da modelo e designer de unhas.

Continuar a ler


E não ficaram por ali. "Isso é muito sério e nenhuma pessoa deveria passar por essa exposição. Pedimos que denunciem todas as publicações e também perfis que estão a compartilhar. Precisamos de derrubar esse conteúdo e precisamos da vossa ajuda!", apelou a equipa que gere as páginas da participante do "Big Brother Brasil" nas redes sociais.

O caso está entregue às autoridades, depois de a família de Natália Deodato ter feito a ocorrência do caso na Delegacia Especializada de Atendimento à Mulher, em Belo Horizonte. A mãe, Daniela Rocha, também já falou publicamente sobre o assunto.

"Um indivíduo fez um grupo, colocou o vídeo, montagens e começou a espalhar. Eu, como mãe, senti-me indignada ao saber que existem pessoas sujas que não gostam de ver o sucesso dos outros. Tudo isto é muito triste", lamentou, insurgindo-se contra as centenas de partilhas do mesmo vídeo íntimo que outros internautas têm vindo a fazer desde então. É "uma maldade coletiva", classificou a progenitora da concorrente do "Big Brother Brasil", em declarações prestadas ao g1 Minas, publicação pertencente ao grupo da TV Globo.

Natália Deodato, que continua sem ter conhecimento da polémica em que involuntariamente se vê envolvida, corre o risco de abandonar o reality show na próxima terça-feira. Apresentado pela primeira vez por Tadeu Schmidt, o "Big Brother Brasil" tem ainda como nomeados o também anónimo Luciano Estevan e a cantora Naiara Azevedo (desde 2020, o leque de concorrentes do programa da TV Globo é composto por anónimos e famosos).

 Leia mais em: https://www.novagente.pt/big-brother-video-de-sexo-com-concorrente-divulgado-nas-redes-sociais

 A edição brasileira do "Big Brother" estreou-se há precisamente uma semana e, como é habitual, o país centra todas as suas atenções no reality show. Mas, à margem dos acontecimentos da casa mais vigiada daquela nação, há uma polémica a ganhar grandes proporções fora do jogo: a concorrente Natália Deodato não sabe, mas um vídeo íntimo em que surge a fazer sexo oral foi parar à Internet.

As imagens começaram a circular em várias redes sociais, nomeadamente o Twitter, dias depois do arranque do "Big Brother" no Brasil, o que aconteceu na passada segunda-feira, dia 19 de janeiro. Depressa a equipa que gere as contas Natália Deodato reagiu, emitindo um comunicado na Internet. "A equipa já está ciente das 'mídias' que estão a ser compartilhadas e iremos tomar as medidas cabíveis. O compartilhamento desse conteúdo é um desrespeito à participante enquanto mulher e também à família dela", denunciaram os representantes da modelo e designer de unhas.

E não ficaram por ali. "Isso é muito sério e nenhuma pessoa deveria passar por essa exposição. Pedimos que denunciem todas as publicações e também perfis que estão a compartilhar. Precisamos de derrubar esse conteúdo e precisamos da vossa ajuda!", apelou a equipa que gere as páginas da participante do "Big Brother Brasil" nas redes sociais.

O caso está entregue às autoridades, depois de a família de Natália Deodato ter feito a ocorrência do caso na Delegacia Especializada de Atendimento à Mulher, em Belo Horizonte. A mãe, Daniela Rocha, também já falou publicamente sobre o assunto.

"Um indivíduo fez um grupo, colocou o vídeo, montagens e começou a espalhar. Eu, como mãe, senti-me indignada ao saber que existem pessoas sujas que não gostam de ver o sucesso dos outros. Tudo isto é muito triste", lamentou, insurgindo-se contra as centenas de partilhas do mesmo vídeo íntimo que outros internautas têm vindo a fazer desde então. É "uma maldade coletiva", classificou a progenitora da concorrente do "Big Brother Brasil", em declarações prestadas ao g1 Minas, publicação pertencente ao grupo da TV Globo.

Natália Deodato, que continua sem ter conhecimento da polémica em que involuntariamente se vê envolvida, corre o risco de abandonar o reality show na próxima terça-feira. Apresentado pela primeira vez por Tadeu Schmidt, o "Big Brother Brasil" tem ainda como nomeados o também anónimo Luciano Estevan e a cantora Naiara Azevedo (desde 2020, o leque de concorrentes do programa da TV Globo é composto por anónimos e famosos).

Com tecnologia do Blogger.